são de ver

meus ouvidos são de ver: teus passos embalam as calçadas do meu peito e desmaiam os pés cansados. as janelas se fecham no fim da rua. meus ouvidos são de ver. teus olhos espiando por detrás dos meus olhos permanentemente inquietos, suspirados, olhos que gemem febres de quarta-feira. baila teu corpo nu enlaçado na mulher de seios pequenos; uma mulher de seios pequenos,  colo repleto de sinais que gritam constelações. ela serpenteia macia seus reflexos dourados. meus ouvidos são de ver: por dentro tua palavra de ordem delicada-mente desmancha no palato “m o r r a” no prazer que se anuncia.

anopassado000

Anúncios

2 respostas em “são de ver

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s