O último voo do falcão – extraído de Contos Filosóficos do Mundo Inteiro, de Jean-Claude Carrière

” Um escritor iraniano do século XX, Khanlari, narrou o último vôo de um falcão. O pássaro sobrevoa uma paisagem em busca de uma presa. Ele se sente forte e ameaçador, ele enxerga e domina todas as coisas.
Atirada por um caçador escondido, uma flecha veio, então, a atingi-lo. Ele ficou ferido de morte, e o sente, não consegue mais bater as asas, que se fecharam.
Ao cair, ele olha a flecha que o traspassava e vê que a empenagem da flecha era feita de penas de falcão.
E disse, então, antes de morrer:
– De que adiantaria me lamentar? O que vem a nós, vem de nós.”

nota: o livro mencionado no título deste post publicado pela Ediouro, conta com histórias compiladas por Carrière durante dez anos de pesquisas em diferentes povos.

Anúncios

2 respostas em “O último voo do falcão – extraído de Contos Filosóficos do Mundo Inteiro, de Jean-Claude Carrière

  1. Verdade verdadeira: nós freqüentemente alimentamos as cobras que irão nos envenenar no futuro! Se diariamente semeássemos flores, ou árvores frutíferas, colheríamos, com certeza, um futuro mais perfumado ou mais doce. Quem sabe um dia a gente aprende…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s